Curiosidades sobre a Irlanda…

Na Irlanda as ruas são mão inglesa (aqui se dirige do lado esquerdo da rua) e logo que cheguei aqui fiquei completamente perdida na hora de atravessar a rua porque os carros saem de tudo quanto é lado e nas mais diversas direções. É preciso MUITO cuidado para atravessar as ruas. No intuito de ajudar  os turistas nesse sentido, orientações como essas das fotos, estão presentes na maioria das ruas.

A Irlanda tem duas línguas oficiais: o inglês e o gaélico . Os turistas podem observar o gaélico em algumas sinalizações de rua e em placas nos transportes público.

 

  •  Bebidas alcóolicas são vendidas em supermercados e em lojas chamadas Off-License. Existe um horário permitido: dias de semana após as 10:30 e finais de semana 12:00. Nem adianta tentar passar as 10:29 porque será bloqueado pelo sistema (eu já tentei pra ver se funciona mesmo rs).
  • O anel claddagh é uma jóia típica irlandesa e geralmente usada como anel de casamento. As mãos indicam amizade, o coração simboliza o amor e a coroa representa lealdade. O anel é mais comum, mas é possível achar brinco, pulseira, colar e até enfeite de parede com este símbolo. Ele pode ser usado como símbolo de uma grande amizade, relacionamento, eternidade, noivado, casamento dependendo da intenção do usuário, ele deve ser dado como presente (em tempo, essa jóia custa a partir de 40 euros, dependendo do modelo e material).
  • Não tem cobras na Irlanda.Você não vai encontrar esse réptil aqui.  Segundo a lenda, São Patrick, padroeiro do país, expulsou todas as cobras da ilha e elas nunca mais voltaram. Mas há alguns céticos que atribuem a ausência do animal ao clima gelado.
  • Falando em Saint Patrick, dia 17 de março é comemorado seu dia e claro, é o dia mais festejado aqui. As pessoas se vestem de verde e vão para as ruas comemorar.

2014030432

  • Já falei do ralo em outra postagem né? Pois é, na Irlanda não existem ralos nos banheiros, nem cozinhas. No banheiro não existem tomadas e as luzes são acessas pelo lado de fora ( ótimo para “trolar”alguém hahahah ).
  • A sexta-feira santa na Irlanda, conhecida como Good Friday, a venda de bebidas alcoólicas é proibida por lei . Você não irá conseguir comprar em nenhum lugar e muitos restaurantes e pubs nem abrem.
  • Você pode ir ao supermercado logo cedo, comprar um produto de 0,50€, pagar com um nota de 50,00€ e dificilmente vai ouvir a atendente dizer que não tem troco ou te olhar de cara feia. Eles sempre tem troco para qualquer quantia, a qualquer hora.

Qualquer hora eu volto com mais curiosidades da Irlanda!

 Best regards !

trevo_3_folhas_simbolo_da_irlanda

Anúncios

Morar fora…

Várias pessoas me perguntam sobre como está sendo a experiência de morar fora  do Brasil, se estou adaptada, quais as vantagens , desvantagens, etc.

Me perguntam se devem arriscar como nós fizemos…

Eu não tenho como falar  “arruma suas malas e vaza do Brasil porque é uma experiência fantástica” ou “fica aí mesmo porque não vale a pena”. Isso é muito pessoal e o que é bom pra mim pode não ser pra você e vice versa.  Uma coisa eu digo: é uma experiência válida.

As vantagens de morar fora são muitas:

  • Aprender um novo idioma , afinal, você  acaba praticando todos os dias e conseqüentemente vai ganhar fluência  e isso faz  muita diferença. Recebo ajuda  até do  motorista do  bus que me ensina a acertar na pronúncia do ponto de ônibus  e o guarda de trânsito da escola que todo dia conversa comigo e me corrige pra me ajudar.
  • Experiência profissional: independente da profissão que você exerça, se não chegar aqui já com um contrato de trabalho, vai ter que ralar muito para conseguir um emprego, seja na sua área ou não. Vai aprender a fazer de tudo um pouco e ter um pouco mais de paciência e jogo de cintura uma vez que a cultura é totalmente diferente e isso vai te ajudar muito profissionalmente, até mesmo quando retornar ao Brasil .
  • Viajar bastante !!! As passagens áereas low cost são tão baratas ( a partir de  €9.99) e você vai conhecer vários países sem precisar ser rico  ou até mesmo se endividar para fazer isso.
  • Aprender a se virar sozinho. Sim! Crescimento pessoal uma vez que você precisa fazer o que tem que ser feito porque ninguém vai dar um jeitinho pra fazer por você por aqui. Ou você faz, ou você faz.
  • Fazer novas amizades com pessoas de países que você nem imaginava possível, no meu caso, fiquei amiga de uma freira da Russia.
  • No meu caso que sou mãe , pontos importantes como educação e segurança fizeram toda diferença nessa escolha . Claro que aqui não é perfeito mas você não vai ser assaltado no sinal com um arma apontada pra você, nem vai sofrer um arrastão enquanto curte seu dia de folga ou a caminho do trabalho. Muito menos se esconder por causa dos tiroteios.  No máximo vai ter seu celular furtado se der mole com ele na rua .

Claro que nem tudo são flores e ficar longe de “casa”tem suas desvantagens como a saudade da família e dos amigos, perder aniversários e momentos importantes,  saudades da nossa culinária e da facilidade em achar determinado ingrediente… saudade de assistir tv no seu idioma , saudades do calor e de um sol que esquenta. Saudade de vitamina D!

Deixo algumas imagens da Irlanda  para inspirar você!